Santo Padre nomeia Monsenhor Cleocir Bonetti como bispo da diocese de Caçador (SC)

Na manhã desta quarta-feira, 30 de junho, papa Francisco nomeou o Monsenhor Cleocir Bonetti, atual vigário geral da diocese de Erexim (RS), como bispo da vacante diocese de Caçador (SC).

 

Dados biográficos

Nasceu em 07 de agosto de 1972, em São Valentim, RS

Filiação: Gilso Bonetti e Terezinha Matievicz Bonetti

 

Formação

1991-1993 – Filosofia – Viamão – RS

1994 1997 – Teologia – ITEPA – Instituto Teologia e Pastoral – Passo Fundo (RS)

 

Ordenação

Diaconal – 04.01.1998 em Vista Alegre – São Valentim; Presbiteral – 06.02.1999 – São Valentim

Fez Pós-graduação em Psicopedagogia na cidade de Viamão ( RS), e mestrado em História da Igreja – Gregoriana – Roma.

 

Funções exercidas

1998: Estágio diaconal, assistente e professor no Seminário N.S.Fátima; 1999 a 2001: Assistente-Formador e Professor no Seminário de Fátima – Erechim. De 16/02/2002 a 08/2005 foi vigário Paroquial na Paróquia São Cristóvão – Erechim; 08/2005 a 2008 – Estudos em Roma; 2009 – Formador da Teologia em Passo Fundo.

 

Outras funções

1999 a – Professor no Curso de Servidores de comunidades; 2003  – Professor do Instituto de Teologia e Pastoral.

 

Em nota, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB saudou padre Cleocir Bonetti. A diocese de Erexim estava vacante desde o dia 1º de junho de 2020, quando dom Severino Clasen foi nomeado arcebispo metropolitano de Maringá (PR).

 

Saudação ao Monsenhor Cleocir Bonetti

 

Brasília-DF, 30 de junho de 2021

 

Estimado Monsenhor Cleocir Bonetti,

A Conferência Nacional dos Bispos Brasil (CNBB) recebe com alegria a sua nomeação como novo bispo da vacante diocese de Caçador (SC). Agradecemos ao Papa Francisco por mais esta nomeação que fortalecerá a presença da Igreja no regional Sul 4 da CNBB.

Transmitimos nossos votos de boas-vindas ao episcopado brasileiro recordando trechos da fala do Papa Francisco na Solenidade de São Pedro e São Paulo, dia 29 de junho último, ao se dirigir aos fieis da janela de seu escritório no Palácio Apostólico. O Santo Padre encorajou a seguir o testemunho de vida de Pedro e Paulo, pedindo-nos para nos “colocarmos em jogo”, com transparência, fazendo uma Igreja “mais próxima ao povo, profética e missionária”.

“As testemunhas não se perdem em palavras, mas dão fruto. Não se queixam dos outros e do mundo, mas começam por si próprias. Lembram-nos que Deus não deve ser demonstrado, mas mostrado; não anunciado com proclamações, mas testemunhado com o exemplo”, reforçou o Sumo Pontífice.

Desejamos que seu ministério como bispo da diocese de Caçador seja profícuo em bênçãos e frutos!

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo

Arcebispo de Belo Horizonte (MG)

Presidente da CNBB

 

Dom Jaime Spengler

Arcebispo de Porto Alegre (RS)

Primeiro Vice-Presidente da CNBB

 

Dom Mário Antônio da Silva

Bispo de Roraima (RR)

Segundo Vice-Presidente da CNBB

 

Dom Joel Portella Amado

Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)

Secretário-geral da CNBB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima