Destaque
 
 
A Associação de Desenvolvimento do Trabalho, Educação e Cultura ? ADESTEC - OBRA PADRE PIO é uma instituição civil sem fins lucrativos, reconhecida de Utilidade Pública Municipal e Estadual, fundada em 22/11/1986 no município de Sinop, através do Mons. Karl Manfred Thaller, juntamente com o então Bispo Diocesano de Sinop, Dom Henrique Fröhlich e com pequenos produtores rurais, com o objetivo inicial de desenvolver a agropecuária do município, em especial o desenvolvimento do pequeno produtor rural. Já em sua criação, a entidade focava os seguinte objetivos: 
      a)- Promover a qualificação da mão de obra na cidade  e no campo, no sentido de valorizar o homem  e  a mulher, motivados pela mensagem Cristã; 
      b)- Proporcionar, dentro das possibilidades, atendimento social e de saúde a todos realmente  necessitados;
      c)- Firmar parcerias humanas  e  financeiras  com instituições  públicas  e privadas, visando o desenvolvimento profissional,  educacional e cultural.
 
 
AÇÕES DESENVOLVIDAS NA CIDADE
 
Na área urbana a ADESTEC - OBRA PADRE PIO entre outros trabalhos, nos primeiros anos promoveu feiras e distribuiu roupas usadas, bem como entregou alimento para famílias em extrema pobreza. 

Em 03/08/1989 a ADESTEC - OBRA PADRE PIO criou a Fundação de Saúde Comunitária de Sinop, a qual em 23/02/1991 implantou o Hospital Santo Antonio e trouxe alívio aos doentes de nossa comunidade e região. A ADESTEC - OBRA PADRE PIO é entidade membro do Conselho Curador que norteia os passos do Hospital Santo Antonio. Também através da ADESTEC - OBRA PADRE PIO foi conseguido do Governo Alemão verba para a construção da UTI e um amplo Centro Cirúrgico no Hospital.

Em agosto de 1994 o trabalho na área urbana consolidou-se com cursos de qualificação profissional. Os cursos eram e ainda são ministrados para todo e qualquer cidadão, porém, a ADESTEC - OBRA PADRE PIO tem como objetivo principal proporcionar oportunidades para jovens e adolescentes que não dispõem de condições financeiras para pagar cursos semelhantes em escolas particulares. Esses alunos são atendidos mediante "bolsa de curso" contribuindo com taxas.

Um curso com destaque é o de informática profissional, que foi implantado em 1996 e sempre com a real intenção de qualificar para o trabalho. Além da informática, destacam-se os cursos de auxiliar administrativo e datilografia avançada (já familiarizando o aluno com o uso do computador).  Na instituição também são ministrados os cursos culturais de: violão, teclado, capoeira, pintura em tela e desenho em grafite.

A ADESTEC - OBRA PADRE PIO dispõe de um amplo espaço físico denominado Centro de Qualificação Profissional, onde funciona a sede da entidade e onde são ministrados os cursos. 

No primeiro semestre de 2006 foi implantado o curso Pré-Vestibular com o objetivo real de proporcionar aos alunos êxito no vestibular e chances reais de ingressar em uma universidade, para tanto, foi selecionada uma excelente equipe de professores. A ação foi louvável visto o alto índice de aprovados nos vestibulares da UNEMAT e UFMT, alguns primeiros lugares dos cursos foram de alunos da instituição. Em conseqüência da implantação do curso gratuito pelo Governo Estadual o pré-vestibular foi desativado no final de 2009.

Ainda em 2006 foi criada a ADESTEC - Agência de Empregos, onde de forma sistêmica, a entidade tem o objetivo real de conseguir emprego às pessoas. Neste intuito o êxito também transparece, visto que mais de 1000 pessoas conseguiram emprego e consequentemente, resgate da dignidade.

No dia 16/09/2006 foi fundada na cidade de Röckersbühl / Alemanha a Adestec Pater Pio Werk in Deutschland (Adestec Obra Padre Pio na Alemanha), tendo sua sede na cidade de Neumarkt / Alemanha onde um grupo de amigos do presidente da ADESTEC - OBRA PADRE PIO ? Mons. Karl Manfred Thaller busca divulgar os trabalhos desenvolvidos pela instituição no Brasil.

Nos diversos cursos ministrados pela ADESTEC - OBRA PADRE PIO, foram qualificadas mais de 5.000 pessoas, sendo que muitas delas só conseguiram trabalho em virtude da qualificação adquirida através da ADESTEC - OBRA PADRE PIO.

No ano 2008 um enorme passo foi dado pela instituição no momento em que a Adestec ? Obra Padre Pio também assumiu os trabalhos do Centro Social Menino Jesus de Sinop. Apesar de serem duas entidades, a parte de gestão administrativa fica centralizada na Adestec aproveitando da estrutura da entidade para atender mais dignamente as crianças acolhidas no orfanato. Com a gestão da Adestec ? Obra Padre Pio foram aprovados projetos de reestruturação e implantadas rotinas e cartilhas para melhor proteção e cuidado com as crianças acolhidas intitucionalmente.
 
 
AÇÕES DESENVOLVIDAS NA ÁREA RURAL
 
Desde sua fundação a associação desenvolve trabalhos nos município de Sinop e Santa Carmem. Nos primeiros anos, prestou assistência a pequenos produtores no município de Santo Antônio do Rio Bonito (Nova Ubiratã). Também por um curto período desenvolveu trabalhos em algumas comunidades rurais no município de Colíder-MT.

Os trabalhos da ADESTEC - OBRA PADRE PIO na zona rural consistiram em projetos de assistência técnica e créditos agrícolas a pequenos produtores rurais, para o preparo, plantio e colheita de culturas brancas (arroz, soja e milho) em módulos de dois alqueires por produtor rural associado, sendo que no pagamento dos créditos rurais os agricultores se beneficiavam com um subsídio de 70% da inflação e pagavam um juro de somente 3% ao ano; créditos estes custeados por Entidades da Comunidade Econômica Européia. Além disso, a ADESTEC - OBRA PADRE PIO  repassou pequenos, médios e grandes animais; mudas frutíferas e sementes, além do fundamental que foi o acompanhamento técnico das culturas dos associados.
 
Em 1990, os associados decidiram redirecionar a atividade principal da associação, mudando da agricultura para a pecuária com tendência leiteira. A ADESTEC - OBRA PADRE PIO implantou então um programa denominado ?Banco de Gado? e iniciou repasses de animais leiteiros aos associados, sendo que os beneficiados pagavam o repasse com as crias do próprio gado recebido num prazo de cinco anos. Também conscientizava os agropecuaristas da importância da vacinação do rebanho além de efetuar o registro e acompanhamento junto ao órgão de fiscalização do Estado (INDEA).

Atualmente a ADESTEC - OBRA PADRE PIO atende seus associados com micro-créditos agropecuários, utilizados para infra-estrutura e benfeitorias nas propriedades rurais, como: confecção de poços semi-artesianos, eletrificação rural, aquisição de animais leiteiros, reformas de represas e pastagens, aquisição de implementos agrícolas, confecção de tanques para piscicultura, barracões, pequenas reformas de suas casas, implantação de hortas,  etc. Os juros cobrados são de 6% ao ano e o retorno dos créditos compõe um fundo rotativo que constantemente beneficia os associados com novos créditos.

Conforme as palavras do Presidente da ADESTEC - OBRA PADRE PIO, Mons. Karl Manfred Thaller e do Diretor João Carlos Girardi, a perspectiva é continuar com os trabalhos que estão sendo desenvolvidos, tanto na área rural quanto na cidade, sempre viabilizando novas alternativas de trabalho que busquem o desenvolvimento e valorização das pessoas.


 


© Maistre Informática Ltda - Todos os direitos reservados